total de 741 jogos na 1ª Divisão/Liga / 811 pontos conquistados na 1ª Divisão/Liga / 758 golos marcados na 1ª Divisão/Liga
FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL: 1/MAIO /1984 e 18/MAIO/2014 FINAL DA TAÇA DA LIGA: 7/MAIO/2014 FINAL DA SUPERTAÇA: 10/AGOSTO/2014
TÍTULOS 2ª DIVISÃO/LIGA 1985/86; 1995/96 e 2002/03 3ª DIVISÃO 1976/77 3º MELHOR CLUBE PORTUGUÊS (IFFHS) 2014


LIGA NOS 2017/18 26/AGO 20h30 Rio Ave FC - Benfica
TAÇA DE PORTUGAL 15/OUT h 3ª eliminatória Rio Ave FC - ? TAÇA DA LIGA 2ª fase 2/SET 18h00 Rio Ave FC - Cova da Piedade

ORGANIZAÇÕES FIFA UEFA FPF LPFP AFPORTO

domingo, 13 de agosto de 2017

Vitória da melhor equipa

O Rio Ave dominou por completo o jogo e seria injusto para os próprios atletas outro resultado que não a vitória. O Rio Ave foi e é melhor do que o Boavista, uma tendência que se manifesta cada vez que o nosso clube defronta os axadrezados, principalmente nas últimas épocas. Tem melhor equipa, tem uma preocupação em jogar bom futebol. O Rio Ave jogou de pé para pé, sem chutão para a frente, a sair a jogar desde a sua defensiva. Ao invés, o Boavista limitou-se a tentar quebrar o nosso melhor futebol com agressividade para lá dos limites com a complacência do árbitro, a chutar a bola para a frente muitas vezes sem nexo, mas no final quase conseguia os seus intentos, que era conseguir o pontinho. Guedes numa bola parada e Pedro Moreira na melhor jogada do encontro fizeram os nossos golos. No meio dos nossos golos, fomos traídos pela nossa forma de jogar, pois numa tentativa de variação de flanco por parte de Marcelo permitimos que o adversário chegasse ao empate sem que para isso tenha feito algo. O Rio Ave a ganhar 1-0 esteve sempre por cima do jogo à procura do segundo. Mesmo após o Boavista ter feito o empate, continuou a ser o Rio Ave que jogava fora de casa a mostrar maior insatisfação pelo resultado e quem mais procurou o golo da vitória. Gabrielzinho acabado de entrar, arrancou em velocidade rumo à área, contemporizou até à chegada de Yuri, tendo este cruzado atrasado para o remate vitorioso de Pedro Moreira. Parecia encontrado o justo vencedor, ainda para mais com o adversário já com os braços caídos perante a superioridade rioavista. Mas não! Voltamos a facilitar na defesa e num lance aparentemente controlado, Rúben Ribeiro comete grande penalidade. Mas Cássio fez a verdadeira justiça ao parar o penaltie.
Vitória justíssima da melhor equipa, ainda que, Miguel Cardoso tenha que rever com os seus pupilos as desatenções defensivas.

Sem comentários: