total de 741 jogos na 1ª Divisão/Liga / 811 pontos conquistados na 1ª Divisão/Liga / 758 golos marcados na 1ª Divisão/Liga
FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL: 1/MAIO /1984 e 18/MAIO/2014 FINAL DA TAÇA DA LIGA: 7/MAIO/2014 FINAL DA SUPERTAÇA: 10/AGOSTO/2014
TÍTULOS 2ª DIVISÃO/LIGA 1985/86; 1995/96 e 2002/03 3ª DIVISÃO 1976/77 3º MELHOR CLUBE PORTUGUÊS (IFFHS) 2014


LIGA NOS 2017/18 26/AGO 20h30 Rio Ave FC - Benfica
TAÇA DE PORTUGAL 15/OUT h 3ª eliminatória Rio Ave FC - ? TAÇA DA LIGA 2ª fase 2/SET 18h00 Rio Ave FC - Cova da Piedade

ORGANIZAÇÕES FIFA UEFA FPF LPFP AFPORTO

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Relatório do árbitro (vs Portimonense)

Já está disponível o Relatório do jogo contra o Portimonense, arbitrado pelo árbitro João Pinheiro.

Nas ocorrências é possível ler que "foi respeitado 1 minuto de silêncio, conforme indicação dada pela LPFP" e que a "segunda parte começou com 2 minutos e atraso, derivado à demora da equipa visitada, não tendo sido indicado nenhum motivo pelo respectivo capitão".

É a segunda vez esta época que a nossa equipa é visada como responsável pelo atraso no reinício dos jogos.

LINK:
http://www.fpf.pt/pt/Institucional/Arbitragem/Relat%C3%B3rios-de-Jogo

Nomeações da FPF/LPFP

PRIMEIRA LIGA 2017/18 (jogo nº 742)
03ª jornada 26/AGO 20h30 (SportTV)
RIO AVE FC - BENFICA
Árbitro: Hugo Miguel
Árbitros Assistentes: Ricardo Santos e Nuno Roque
4º Árbitro: Carlos Espadinha*
Vídeo Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistente Vídeo Árbitro: Pedro Felisberto
FPF/LPFP

* estreia

Voltou a acontecer

Neste meu post da passada sexta-feira (http://rioavistas.blogspot.pt/2017/08/ainda-ag-do-passado-dia-6-de-agosto-12.html) relatei um dos assuntos que falei na AG de 3 de Agosto.

Pois bem, depois de ter questionado e alertado a Direcção para uma situação recorrente que tem acontecido em dias de jogos (sócios menores inscritos na Escola de Futebol que são impedidos de assistirem aos jogos no nosso Estádio por os seus encarregados terem prestações da escola em falta), tive conhecimento que voltou a ocorrer o mesmo na passada sexta-feira.

Pelos vistos, um sócio menor de 13 anos, viu a sua entrada não ser validada por ter as prestações da escola em falta.

O problema acabou por ser ultrapassado mas mesmo depois da Direcção ter sida alertada no local próprio, as Assembleias-Gerais, pelos vistos a anomalia não foi ainda resolvida. O que é lamentável.

Petrovic próximo do Rio Ave

Radosav petrovic está próximo de regressar ao Rio Ave, havendo nesta altura negociações ao mais alto nível, com ASC em Lisboa a tentar trazer o Sérvio para Vila do Conde. Ao que pudemos apurar, o próprio atleta está receptivo a novo empréstimo e no regresso à Princesa do Ave. Agora é tudo uma questão de números.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Assim vai a nossa liga

Via o nosso leitor Pedro Ramos, chegou-nos este quadro da página Liga Portuguesa da Depressão (os valores parecem ter sido retirados do site Transfermarkt)

(imagem: Liga Portuguesa da Depressão)

LINKS:
https://www.facebook.com/ligaptdadepressao/photos/a.1804952123123009.1073741828.1804462593171962/1983170371967849/?type=3&theater
https://www.transfermarkt.pt/rio-ave-fc/startseite/verein/2425

Algumas curiosidades sobre o jogo da passada sexta-feira:

- Nas 23 anteriores edições da 1ª Divisão, só por 2 vezes vencemos as três primeiras jornadas.

Na época 2014/15 vencemos os 3 primeiros jogos e marcamos 11 golos e sofremos 1 golo, o que ainda constitui o melhor arranque de uma equipa portuguesa na história das ligas organizadas pela LPFP (https://rioavistas.blogspot.pt/2017/08/continuamos-ser-os-melhores.html);

- o Guedes obteve o seu 19º golo nos 71 jogos que já fez com a camisola do Rio Ave FC (média de 0,27 golos/jogo).

Nos jogos da 1ª Divisão, o Guedes marcou até ao momento 16 golos em 60 jogos (média de 0,27 golos/ jogos) e está a um golo de igualar o Álvaro Soares e o Augusto Gama no 7º lugar dos melhores marcadores do Rio Ave FC nesta competição.

Os restantes 3 golos foram marcados nos 10 jogos que fez para as para as duas Taças (média de 0,30 golos/jogo);

- o Óscar Barreto obteve o seu 1º golo nos 3 jogos que já fez com a camisola do Rio Ave FC (média de 0,33 golos/jogo), tornando-se no 148º jogador a marcar um golo com a camisola do Rio Ave FC.

- Com a vitória obtida na última jornada da Liga 2016/17 (frente ao Belenenses), levamos neste momento 4 vitórias seguidas para a 1ª Liga.

Ranking dos Clubes

CLUB WORLD RANKING (semana 34/2017)
Em relação ao ranking da passada semana subimos 18 posições e somamos 154 pontos.

Passamos a ocupar o 203º lugar mundial com 3.167 pontos. A nível interno continuamos no 7º lugar a 189 pontos do 6º classificado Marítimo.

(Este ranking é organizado pelo site Club World Ranking e reflecte a prestações dos clubes mundiais nas últimas 52 semanas e é tomado em consideração os resultados, a importância das competições nacionais e internacionais e da própria federação entre outros)

RANKING UEFA
No ranking europeu, organizado pela UEFA, o nosso Clube manteve a mesma posição e pontuação.

Continuamos a ocupar o 129º lugar europeu e o 7º lugar nacional em ex-quo com Belenenses totalizando 11.883 pontos.

(Para este ranking é tida em conta a prestação dos clubes nas últimas 5 épocas e é actualizado após cada ronda de jogos das competições de clubes da UEFA)

IFFHS
Segundo a Federação de História e Estatística o nosso Clube terminou no Top 400 do Ranking Mundial Clubes de 2016, mais precisamente na 360ª posição com 63,5 pontos.

A nível interno, apenas sete equipas portuguesas aparecem neste ranking e nós terminamos no 7º lugar. No ranking das equipas pertencentes à UEFA fomos a 207ª melhor equipa do ano de 2016.

Em 2014 o nosso Clube terminou no 109º lugar do ranking mundial organizado pelo IFFHS, foi o 3º melhor clube português e o 73º melhor clube europeu com 122 pontos. As finais e os jogos europeus ajudaram que em 2014 tivéssemos um ano de sonho.

(Este ranking é organizado pela IFFHS  reflecte a prestações dos clubes mundiais durante todo o ano de 2016. Em 2015 não figurou nos 203 primeiros clubes mundiais)

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Continuamos a ser os melhores

Muito se tem falado e sondagens têm sido criadas para saber qual dos três grandes estarolas está a ter o melhor início de campeonato.

Estes falatórios nas TVs e jornais tem muita das vezes pecado por omitirem o quarto clube com pleno de pontos na presente Liga e portanto, em igualdade pontual com esses grandes estarolas.

O nosso Clube partilha o primeiro lugar e isso não é inédito, porque na época 2014/15 fizemos também o pleno de vitórias (2-0 e 4-0 em casa contra Vitória de Setúbal e Boavista respectivamente e vitória fora de portas por 1-5 no Estoril) e esse arranque constitui até hoje o melhor arranque de um clube à 3ª jornada desde que a Liga foi criada (na época 1995/96) e o melhor arranque na 1ª Divisão ou Liga nas últimas 25 épocas, conforme se pode ver no quadro abaixo.

Na próxima jornada voltamos a jogar em casas e apesar da valia do adversário temos a possibilidade de batermos os nossos 10 pontos à 4ª jornada, conseguidos pelo Pedro Martins nessa época de 2014/15.

fonte: zerozero.pt e foradejogo.net

A aparição de Bruno Teles

Já durante a pré-época tinha referido num post dirigido a este assunto que seria necessário dar andamento a Bruno Teles, pois logo à quarta jornada defrontaríamos o Benfica e Yuri como jogador emprestado não poderia ser utilizado. Bruno Teles passou uma época inteira a aquecer o banco(2016/17) e ser lançado apenas contra o Benfica, num jogo de elevada exigência, poderia ser bastante prejudicial. A verdade, diga-se, é que o atleta foi lançado já contra o Portimonense para lhe ser dado por Miguel Cardoso minutos e ritmo competitivo, sendo que foi notória a falta de ritmo, sem nunca comprometer. Teles mostrou segurança na hora de defender mas sem nunca se aventurar muito no ataque, talvez para se proteger da falta de minutos e de "andamento". Estará nesta altura pronto para as exigências?

domingo, 20 de agosto de 2017

ASSISTÊNCIAS

Assistiram ao jogo de sexta-feira 2.541 espectadores (23,83% de taxa de ocupação), o que representa a melhor assistências nos jogos contra o Portimonense desde que as assistências são registadas a partir da época 2008/09.

Recorde-se que o bilhete mais barato para os adeptos adversários para este jogo custou 10 euros à semelhança do que acontece com as outras equipas, com excepção dos chamados três grandes e para os nossos sócios os bilhetes para a Bancada Descoberta Poente custavam 2 e 3 euros e 10 euros para a Bancada Coberta.

Em relação à época 2010/11 tivemos mais 1.202 espectadores.

A média das assistências com o Portimonense subiu para os 1.940 espectadores por jogo (18,20% de taxa de ocupação).

ASSISTÊNCIAS (Histórico vs Portimonense)
época
assistência
taxa de ocupação
2010/11
1.339
12,56%
2017/18
2.541
23,83%
Média
1.940
18,20%
(A capacidade de lotação do nosso estádio para esta época é de 9.065 lugares mas continuamos a usar os 10.660 lugares das primeiras épocas como referência para mantermos maior exactidão da evolução das taxas de ocupação)

CLASSIFICAÇÃO DE ASSISTÊNCIAS
LUGAR
CLUBE
JOGOS
ESPECTADORES
Aves
2
5.462
10º
Rio Ave FC
2
5.080
11º
Boavista
1
4.053

Quanto ao campeonato das assistências, quando falta ainda um jogo para terminar a terceira jornada, ocupamos neste momento o 10º lugar com total de 5.080 espectadores (média de 2.540 espectadores/jogo e 23,82% de taxa de ocupação).

Resultados do fim-de-semana

Seniores: Rio Ave FC 2-0 Portimonense
(Rio Ave FC é 4º com 9 pontos)

Juniores: Porto 1-0 Rio Ave FC
(Rio Ave FC é 9º lugar com 0 pontos)

Juvenis: Vitória Guimarães 2-0 Rio Ave FC
(Rio Ave FC é 11º lugar com 0 pontos)

sábado, 19 de agosto de 2017

Destaques: ganhou o colectivo

Num jogo em que o colectivo foi o que mais se destacou, ainda assim, houveram atletas que se destacaram.

Cássio- O Portimonense não se adiantou no marcador muito por culpa de Cássio que com 2 defesas valiosas inviabilizou a vantagem forasteira.

Nadjack- Foi após a sua entrada que o Rio Ave passou a ser mais acutilante nos corredores. Iniciou a jogada do primeiro golo. Passámos a ter um extremo direito.

Guedes- Voltou a faturar e é isso que nós lhe pedimos. Para além disso a disponibilidade de sempre.

Rúben Ribeiro- Alternou o excelente com o menos bom, ainda assim, assistiu Guedes para o golo da tranquilidade.

Barreto- O homem do jogo! Foi sempre o mais esclarecido do meio-campo e com exibição mais constante. Marcou um golão que desbloqueou o jogo.


Uns criam e outros concretizam

O Rio Ave poderia ter entrado no jogo logo a ganhar não fosse o chapéu de Geraldes sair para as mãos do guarda-redes Portimonense. Um Rio Ave com mais posse mas com dificuldades em penetrar e um Portimonense com 10 jogadores atrás da bola quando não a tinham, mas que quando a tinham na sua posse partiam para ataques rápidos e conseguiam meter 5/6 atletas na área rioavista. Não foi por acaso que os forasteiros conseguiram 5 ou 6 grandes oportunidades, ora com defesas de Cássio ou por duas vezes a barra a evitar males maiores. Mas qualquer pessoa que assista a jogos sem ser apenas dos 3 grandes já sabia o que nos esperava, pois era sabido que os Algarvios tinham jogadores rápidos e fortes do meio para a frente e com qualidade/criatividade.Sabendo de antemão que os nossos laterais sobem muito, nada como explorar as costas para criar perigo.
Chegado o intervalo, já com Nadjack no lugar de Lionn que havia sido substituído por volta do minuto 30 da primeira parte por lesão, é este que inicia a jogada que dá o primeiro golo do encontro, num momento de inspiração do homem do jogo. Óscar Barreto assinou um belo golo que desbloqueou o nosso jogo. Tivemos alguma supremacia nos minutos que se seguiram, até porque o Portimonense parece ter ficado afetado com o golo. E foi num contra-ataque conduzido por Geraldes que o Rio Ave chegou ao segundo, com Rúben Ribeiro a assistir Guedes para aumentar a contagem. A partir daí a equipa ficou mais tranquila sem que o Portimonense tenha deixado de criar perigo, tendo pelo menos mais duas situações para reduzir a desvantagem.
Mas o jogo chegou ao fim com mais uma vitória rioavista que chegados aos 9 pontos deixou-nos a dormir na liderança do campeonato.
Óscar Barreto a comemorar o 1º golo com a camisola do RAFC

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Ainda a AG do passado dia 6 de Agosto (1/2)

Eram vários os assuntos sobre os quais gostaria de ter falado e levado à discussão na passada AG, mas porque não havia tempo, pelo menos para mim, apenas me foquei em duas propostas que a Direcção fez aprovar em anteriores assembleias e que por acaso eu não votei favoravelmente.

A primeira foi sobre a isenção de quota dos sócios menores de 13 anos (aprovada em 2011 com 2 votos contra e um deles foi meu).

Ora, falei sobre quatro casos de que tive conhecimento, de miúdos que são sócios e que mais tarde inscreveram-se nas escolas de formação.

Antes, esses sócios menores podiam assistir a todos os jogos da 1ª Liga apresentado para isso o cartão de sócio com a tal quota isenta e entravam sem problemas no Estádio.

Mas a partir do momento que se inscreveram nas escolas do Rio Ave FC, caso os encarregados de educação se atrasassem por algum motivo no pagamento da mensalidade da escola, ficavam automaticamente impedidos de entrar no Estádio para assistirem aos jogos… mas podiam treinar à vontade (até ordem em contrário, claro).

Este impedimento de assistirem aos jogos vai contra a proposta apresentada pela própria Direcção em 2011, o que não faz sentido.

A justificação que a Direcção, na pessoa da vice-presidente do departamento administrativo e financeiro Maria Alexandrina Cruz, que me deu, não me convenceu, e, como tem sido hábito no descartar de responsabilidades este mau funcionamento foi atribuído a terceiros, neste caso, nos funcionários do Clube, fazendo lembrar-me, por exemplo, o atirar de responsabilidades para os sócios aquando a venda de bilhetes contra o Benfica mancham a imagem do nosso Clube.

Por isso, se algum menor (que já era sócio antes de se inscrever nas escolas) for novamente impedido voltar a entrar no Estádio, deverão reclamar e exigir a entrada do mesmo no Estádio, por muitas prestações tenham em dívida na escola, dizendo que este assunto já foi falado em assembleia dos sócios.
(cont.)

Apostas Liga NOS 2017/18

Para esta jornada temos a novidade de mais duas casas de apostas desportivas estarem a operar em Portugal.

A Estoril Sol Casinos (https://www.estorilsolcasinos.pt) já tem licença para fazer apostas desportivas e à primeira vistas, as suas apostas são de momento as mais apelativas, pelo menos no que diz respeito à Liga Portuguesa.

E a Casino Portugal (https://www.casinoportugal.pt), da Sociedade Figueira Praia, também já tem licença para trabalhar com as apostas desportivas.

Para esta 3ª jornada as quatro casas de apostas a operar em Portugal voltam a dar o Rio Ave FC como favorito para o jogo de mais logo.

Em média a nossa vitória vale apenas 1,68 por cada euro apostado contra os 5.00 que pagam pela vitória do Portimonense ou os 3,43 pagos por cada euro apostado no empate.

Na minha conta na bet.pt apostei 1 euro na nossa vitória, o que poderá valer 1,74 euros. Pelo empate a bet.pt paga 3,45 e 4,80 pela vitória do Portimonense.


rafc
empate
portimonense
betclic
1,68
3,40
4,80
bet
1,74
3,45
4,80
placard
1,63
3,41
4,91
estoril-sol
1,73
3,50
5,00
casino portugal
1,62
3,40
5,50
média
1,68
3,43
5,00

Nos dois jogos oficiais anteriores, apostei sempre um euro na nossa vitória e ganhei um total de 2,45 euros. O saldo é portanto de 2,45 euros e no caso de vencermos mais logo o meu saldo final poderá ser de 3,19 euros.

compet.
apostas
ganhos
lucro
1ª liga
2,00
4,45
2,45
t.liga


0,00
t.portugal


0,00
total
2,00
4,45
2,45

Lista de Convocados

LIGA NOS 2017/18 (jogo nº 741)
3ª jornada 18/AGO 20h30 (SportTV)

RIO AVE FC
Guarda-redes: 
Defesas:
Médios:
Avançados:
fonte:

Indisponíveis: Rui Vieira (lesionado)
fonte: MaisFutebol

A importância que dou a isso (liderança) não é mais do que a satisfação de, se vencermos o jogo, sorrir com os meus jogadores e dar-lhes os parabéns por terem vencido”.
Miguel Cardoso in MaisFutebol

PORTIMONENSE
Convocados:
Ricardo Ferreira, Carlos Henriques e Léo; Ricardo Pessoa, Jadson, Lucas, Hackman, Rúben Fernandes, Lumor e Felipe Macedo; Pedro Sá, Ewerton, Paulinho, Dener, Chidera e Theo Ryuki; Wellington, Fabrício, Pires, Tabata e Manafá.
fonte: MaisFutebol

Indisponíveis: Stanley, Edward Sarpong, Marcel e Inácio (lesionados)
fonte: MaisFutebol

O Rio Ave é uma equipa com pretensões a um lugar europeu, que iniciou o campeonato com o pé direito, se apetrechou bem, fez dois jogos iniciais muito positivos e vai criar-nos muitas dificuldades”.
Vítor Oliveira in MaisFutebol

Marcelo poderá estar a caminho do Levante

Segundo o superdeporte o negócio poderá ser feito por valores a rondar o milhão de euros visto o atleta estar em final de contrato.
Foto do último jogo frente ao Boavista

Ainda não jogamos contra o Portimonense e já estão a ser publicitados os bilhetes para a recepção ao Benfica

Os bilhetes que cabem ao Benfica, serão de venda "exclusiva para sócio com Red Pass até domingo" e posteriormente aos seus "restantes sócios" por valores que "variam entre os 18 e os 37 euros", segundo informa o site bancada.pt.

O que nos leva a questionar qual a margem de lucro que o nosso Clube vai tirar destas promoções alheias.

LINK:
https://bancada.pt/futebol/portugal/benfica-disponibiliza-bilhetes-para-rio-ave

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Rio Ave se pontuar amanhã será líder

O Rio Ave será líder à condição se no final do jogo de amanhã frente ao Portimonense conseguir no mínimo um empate.

 "Se formos fiéis ao comportamento que temos tido, estaremos mais perto de conseguir a vitória. O Portimonense tem as suas particularidades, tem bons jogadores, mas estamos focados no que podemos fazer de bom. Acredito que nesta Liga não vai haver jogos fáceis, há muita competitividade, mas, se nos preocuparmos com o que temos dentro de portas, da nossa qualidade e empenho, será mais fácil vencer" - Miguel Cardoso


Nomeações da FPF/LPFP

PRIMEIRA LIGA 2017/18 (jogo nº 741)
03ª jornada 18/AGO 20h30 (SportTV)
RIO AVE FC - PORTIMONENSE
Árbitro: João Pinheiro
Árbitros Assistentes: Nelson Moniz e Nuno Eiras
4º Árbitro: António Alves*
Vídeo Árbitro: Luís Ferreira
Assistente Vídeo Árbitro: Paulo Miranda
FPF/LPFP

* estreia

NOTA: o árbitro Luís Ferreira foi o 4º árbitro do jogo da 1ª jornada frente ao Belenenses, foi o árbitro principal no jogo da 2ª jornada em casa do Boavista e volta a ser novamente nomeado para um jogo nosso mas agora como responsável pelo vídeo árbitro.

Relatórios dos árbitros

A novidade de esta época é podermos consultar os relatórios dos árbitros. Se por exemplo na primeira jornada o árbitro Fábio Veríssimo nada relatou nas ocorrências, já o árbitro Luís Ferreira escreveu o seguinte nas ocorrências do relatório do jogo:

"A segunda parte iniciou se com 4 minutos de atraso devido à assistencia a um jogador da equipa b que fez com que esta retardasse a sua entrada em campo.
Quando nos preparavamos para abandonar o estádio o delegado do clube a afertou uma garrafa de vinho do porto a cada um dos elementos da equipa de arbitragem".

LINK:
http://www.fpf.pt/pt/Institucional/Arbitragem/Relat%C3%B3rios-de-Jogo

Castigos da I Liga

Os castigos da 2ª jornada (vs Boavista) ditaram:

Marcelo: multa no valor de 39 euros pelo 1º cartão amarelo visto na presente época;

Oscar Barreto: multa no valor de 39 euros pelo 1º cartão amarelo visto na presente época;

Pelé: multa no valor de 39 euros pelo 1º cartão amarelo visto na presente época.

A Rio Ave FC SDUQ foi multada em 306 euros por “atraso do início ou reinício do jogo” (reincidência) conforme descriminado no relatório:

A segunda parte iniciou-se com 4 minutos de atraso devido à assistência a um jogadorr da equipa b, de acordo com o relatório do Árbitro e do Delegado da LPFP”.

LISTA DOS JOGADORES EM RISCO DE EXCLUSÃO
-

LISTA DOS JOGADORES COM CARTÕES AMARELOS
com 1 cartão amarelo:
- Francisco Geraldes, Marcelo, Oscar Barreto, Pelé e Tarantini.

LISTA DOS JOGADORES COM CARTÕES VERMELHOS
com 1 cartão vermelho directo:
-
com 1 cartão vermelho por acumulação:
-

Ranking dos Clubes

CLUB WORLD RANKING (semana 33/2017)
Em relação ao ranking da passada semana subimos 23 posições e somamos 308 pontos.

Passamos a ocupar o 221º lugar mundial com 3.013 pontos. A nível interno ascendemos ao 7º lugar a 104 pontos do 6º classificado Marítimo.

(Este ranking é organizado pelo site Club World Ranking e reflecte a prestações dos clubes mundiais nas últimas 52 semanas e é tomado em consideração os resultados, a importância das competições nacionais e internacionais e da própria federação entre outros)

RANKING UEFA
No ranking europeu, organizado pela UEFA, o nosso Clube manteve a mesma posição mas somou mais 16 pontos.

Continuamos a ocupar o 129º lugar europeu e o 7º lugar nacional em ex-quo com Belenenses totalizando 11.883 pontos.

(Para este ranking é tida em conta a prestação dos clubes nas últimas 5 épocas e é actualizado após cada ronda de jogos das competições de clubes da UEFA)

IFFHS
Segundo a Federação de História e Estatística o nosso Clube terminou no Top 400 do Ranking Mundial Clubes de 2016, mais precisamente na 360ª posição com 63,5 pontos.

A nível interno, apenas sete equipas portuguesas aparecem neste ranking e nós terminamos no 7º lugar. No ranking das equipas pertencentes à UEFA fomos a 207ª melhor equipa do ano de 2016.

Em 2014 o nosso Clube terminou no 109º lugar do ranking mundial organizado pelo IFFHS, foi o 3º melhor clube português e o 73º melhor clube europeu com 122 pontos. As finais e os jogos europeus ajudaram que em 2014 tivéssemos um ano de sonho.

(Este ranking é organizado pela IFFHS  reflecte a prestações dos clubes mundiais durante todo o ano de 2016. Em 2015 não figurou nos 203 primeiros clubes mundiais)