total de 773 jogos na 1ª Divisão/Liga / 853 pontos conquistados na 1ª Divisão/Liga / 793 golos marcados na 1ª Divisão/Liga
FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL: 1/MAIO /1984 e 18/MAIO/2014 FINAL DA TAÇA DA LIGA: 7/MAIO/2014 FINAL DA SUPERTAÇA: 10/AGOSTO/2014
TÍTULOS 2ª DIVISÃO/LIGA 1985/86; 1995/96 e 2002/03 3ª DIVISÃO 1976/77 3º MELHOR CLUBE PORTUGUÊS (IFFHS) 2014

LIGA NOS 2018/19 12/AGO 18h30 1ª jornada Feirense - Rio Ave FC 19/AGO h 2ª jornada Rio Ave FC - Marítimo 26/AGO 18h30 3ª jornada Tondela - Rio Ave FC
LIGA EUROPA 02/AGO 20h00 2ª mão Rio Ave FC - Jagiellonia Bialystok TAÇA DE PORTUGAL 21/OUT h 3ª eliminatória TAÇA DA LIGA 16/SET h 3ª fase 1ª jornada Benfica - Rio Ave FC
ORGANIZAÇÕES FIFA UEFA FPF LPFP AFPORTO

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Evitar a 8ª seguida

Depois de no passado domingo o mister ter conseguido obter a 10ª vitória em casa na mesma época, o que não acontecia desde os primórdios dos anos 80, agora o mister terá que evitar acumular a 8ª derrota seguida fora de casa, e tornar-se assim recordista pela negativa, do treinador com mais derrotas consecutivas fora dos Arcos.

Com a derrota em Moreira de Cónegos, o mister Miguel Cardoso acumulou a 7ª derrota consecutiva fora de portas (marcamos 3 golos e sofremos 22 golos), igualando as más prestações obtidas pelos misters Quinito (1982/83, nesta época ficamos a 1 ponto de repetir o 5º lugar da época anterior e marcamos 3 golos e sofremos 17 golos) e Carlos Brito (quando este perdeu os sete últimos jogos na época 1999/00, em que descemos e marcamos 2 golos e sofremos 18 golos).

Mas estas não são as nossas piores séries. Na época de estreia em 1979/80, entre as 1ª e a 19ª jornadas, somamos 9 derrotas seguidas fora de portas mas o feito terá que ser repartido pelo mister Rúben Garcia (6 derrotas) e pela comissão técnica de jogadores (2 derrotas).

Muitas épocas depois (época de 2008/09, que dá início a esta série de 10/11 presenças seguidas na 1ª divisão), tivemos 8 derrotas seguidas entre as 10ª e 24ª jornadas. 2 derrotas obtidas pelo mister João Eusébio e 6 pelo mister Carlos Brito.

Mas o pior que conseguimos sem pontuar passou-se nas 7 últimas jornadas da época 1999/2000 (época de descida) e as 3 primeiras jornadas da época 2003/04 (época de regresso à 1ª divisão) e sobre orientação do mister Carlos Brito. No total dessas 10 jornadas, obtivemos outras tantas derrotas.

época
da jornada
à jornada
derrotas consecutivas
treinadores
1979/80
19ª
9
Rúben Garcia (6) e Duarte-Reis-Soares (3)
1982/83
11ª
23ª
7
Quinito
1996/97
13ª
6
Henrique Calisto
1999/00
22ª
33ª
7
Carlos Brito
2003/04
3
Carlos Brito
2008/09
10ª
24ª
8
Eusébio (2) e Carlos Brito (6)
2017/18
20ª
31ª
7
Miguel Cardoso

Sem comentários: