total de 773 jogos na 1ª Divisão/Liga / 853 pontos conquistados na 1ª Divisão/Liga / 793 golos marcados na 1ª Divisão/Liga
FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL: 1/MAIO /1984 e 18/MAIO/2014 FINAL DA TAÇA DA LIGA: 7/MAIO/2014 FINAL DA SUPERTAÇA: 10/AGOSTO/2014
TÍTULOS 2ª DIVISÃO/LIGA 1985/86; 1995/96 e 2002/03 3ª DIVISÃO 1976/77 3º MELHOR CLUBE PORTUGUÊS (IFFHS) 2014

LIGA NOS 2018/19 12/AGO 18h30 1ª jornada Feirense - Rio Ave FC 19/AGO h 2ª jornada Rio Ave FC - Marítimo 26/AGO 18h30 3ª jornada Tondela - Rio Ave FC
LIGA EUROPA 02/AGO 20h00 2ª mão Rio Ave FC - Jagiellonia Bialystok TAÇA DE PORTUGAL 21/OUT h 3ª eliminatória TAÇA DA LIGA 16/SET h 3ª fase 1ª jornada Benfica - Rio Ave FC
ORGANIZAÇÕES FIFA UEFA FPF LPFP AFPORTO

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Fora de portas terminamos com a 6ª época mais vitoriosa, a 7ª com mais golos marcados e a 5ª época com mais golos sofridos

Os números fora de porta já não são assim tão bons como os obtidos em casa ou no geral:

- Igualamos as 4 vitórias (23,53%) alcançadas nas épocas 1998/99 (23,53%), 2010/11 (26,67%) e 2015/16 (23,53%). As épocas com mais vitórias alcançadas fora de casa continuam a ser as épocas de 2012/13 (7 vitórias em 15 jogos, 46,67%) e 2013/14 (6 vitórias em 15 jogos, 40,00%), ambas com  Nuno Espírito Santo, a época 2016/17 (6 vitórias em 17 jogos, 35,29%, com o Nuno Capucho e Luís Castro, e as épocas 1997/98 (5 vitórias em 17 jogos, 29,41%) e 2015/16 (5 vitórias em 17 jogos, 29, 41%) quando formos treinados pelo Carlos Brito e pelo Pedro Martins respectivamente;


- Marcamos 14 golos (0,82 golos/jogo), o segundo pior registo destas seis últimas épocas. No entanto, nas 18 anteriores épocas só encontramos mais golos marcados na época 1996/97 (15 golos, 0,88 golos/jogo); na época 1997/98 (21 golos, 1,24 golos/jogo) e na época 2010/11 (18 golos, 1,20 golos/época);

- Quanto a golos sofridos, foram 30 golos (1,76, golos/jogo) e pior só nas épocas 1979/80 (36 golos, 2,40 golos/jogo); 1982/83 (31 golos, 2,07 golos/jogo); 1987/88 (47 golos, 2,47 golos/jogo) e 1999/00 (35 golos, 2,06 golos/jogo). Apenas na época 1982/83 não descemos de divisão (terminamos no 8º lugar a 1 ponto de repetirmos o 5º lugar da época anterior).

Sem comentários: